2BREATH

EASYBREATH DECATHLON MASK

TASK FORCE PORTUGAL

Nas últimas semanas, um grupo de parceiros composto por Hospitais, Universidades, Empresas e Organizações da sociedade civil coordenaram uma operação "taskforce" para testar a adaptação da máscara de snorkel facial Easybrath da Decathlon: como equipamento de ventilação não invasiva (para os pacientes); e como equipamento de proteção individual (para os profissionais de saúde), à semelhança do que se está fazer em todo o mundo para fazer face ao COVID-19.

Trata-se de uma "taskforce" de prevenção, que preparou um equipamento para ser utilizado apenas em último recurso de emergência, no caso da existência da falta total de equipamentos certificados, onde já não foi possível encontrar outros suprimentos de saúde oficiais.

Este grupo é informal e pretende apenas poder contribuir como pivot da informação existente nacional e internacional implementado por especialistas no âmbito das especialidades. Pretende, da mesma forma, poder fornecer o equipamento a profissionais de saúde especializados para a sua utilização, de acordo com as boas práticas e obrigando a criação de protocolos e de declarações de consentimento da utilização, não se responsabilizando pelas consequências e impacto da utilização do mesmo.

 

PROCESSO

PROCESSO PARA AQUISIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

Muitos Hospitais e equipas de engenharia por todo o mundo estão a testar e a utilizar este equipamento. Foi iniciado em Itália, através da empresa Isinnova e do Hospital Chiari, e seguido por outros países como Espanha, Reino Unido e EUA com quem estamos em contacto. Portugal começou há cerca de 2 semanas e tem testado nas últimas semanas para melhorar a capacidade de vedação da máscara, desempenho do filtro, acumulação de CO2 e usabilidade clínica.

 

Chegamos agora a esta fase de divulgação, abrindo a opoepara poder testar em todo o país para todos os hospitais.  Veja a seguinte informação, a estruturada e comum com base recomendada por este grupo; e outra complementar, que pode ser um ponto de partida para a utilização das válvulas e máscaras Decathlon Easybreath.

FASE 1

Enquanto profissional de saúde , quero testar pela primeira vez e para isso preciso de equipamentos teste para o efeito. ​

1.1 Ler a informação base e complementar

1.2 Submeter o formulário de aquisição de equipamento teste

1.3 Receber o equipamento e implementar o teste com o consentimento informado do profissional de saúde e doente

1.4 Teste bem sucedido!! Elaborar o protocolo (com base no existente)

1.5 Validar protocolo com o Comité de Ética 

e submeter o protocolo autorizado pelo conselho de administração do hospital para passar para a Fase 2.

FASE 2

Já testei, e agora estou pronto para escalar e receber mais equipamentos no meu hospital .

2.1 Submeter o formulário para pedir mais equipamentos (em breve disponível)

2.2 Reportar sumariamente os resultados desta utilização (em breve disponível)

INFORMAÇÃO BASE E COMPLEMENTAR

Somos um grupo informal que decidiu organizar uma resposta de emergência à possível escassez de recursos para ventilação não evasiva de pacientes internados vitimas da atual pandemia. Reforçamos que este equipamento é uma solução de emergência e que não deve substituir os materiais e equipamentos médicos sempre que estes estejam à disposição.

No momento, existem mais de 40 profissionais de saúde de mais de 20 hospitais envolvidos no teste de máscaras e válvulas, apoiados por mais de 10 empresas de engenharia de todo o país. Pelo que chegamos a algumas conclusões importantes a ter em conta da forma na utilização deste equipamento.

INFORMAÇÃO DE SUPORTE

 
 

IMAGENS E VÍDEOS

 
 

PARCEIROS ENVOLVIDOS

PARCEIROS DE GESTÃO, PRODUÇÃO E INVESTIDORES DE IMPACTO

Parceiros que iniciaram o processo e assumiram de forma gratuita o apoio para aos testes iniciais e agora ao processo de disseminação e distribuição a todos os hospitais portugueses. Apenas haverá  custos para a produção das válvulas que serão apenas para a aquisição da matéria prima e utilização dos equipamentos de produção.  

 

HOSPITAIS COM PROFISSIONAIS DE SAÚDE ENVOLVIDOS

Unidades hospitalares dos profissionais de saúde envolvidos na fase de testes da utilização do equipamento

 

OUTROS PARCEIROS DE ENGENHARIA ENVOLVIDOS

Parceiros que iniciaram o processo e assumiram de forma gratuita o apoio para ao desenvolvimento de  válvulas e testes iniciais no apoio aos profissionais de saúde envolvidos nesta fase 1

POWERED BY

PB_branco.png